Tabela do PIS 2017: Calendário e quem tem direito – O PIS é um daqueles benefícios que muitos até acreditam que conhecem, mas na verdade acabam se confundindo com os valores e prazos. Exatamente por isso a tabela do PIS 2017 é extremamente importante para todos aqueles que usam esse benefício para realizar projetos e desejos, que não teriam possibilidade de se tornar realidade de outra forma.











Vamos falar mais sobre as vantagens e pré-requisitos do benefício, além de mostrar como usar como usar a tabela do PIS 2017 para ter uma previsão extremamente clara de quando o benefício estará disponível, além das vantagens para o recebimento do mesmo que a Caixa oferece para quem tem conta.

Tabela do PIS 2017, calendário de pagamento

Como funciona o PIS e a tabela do PIS 2017?

O PIS é um benefício que mudou muito com os anos. Seu nome, na verdade, é abono salarial e PIS era o antigo nome de um fundo, com o qual os empregadores contribuíam, em nome dos empregados, que lhe rendiam pequenos rendimentos anuais. Isso mudou em 1988, quando o PIS recolhido dali em diante ajuda a compor o FAT (fundo de amparo ao trabalhador) que é o responsável pelos pagamentos de benefícios como o PIS, seguro desemprego e tantos outros.

Sendo assim, o PIS passou a ser um benefício relacionado à igualdade social, buscando oferecer um benefício adicional para pessoas que trabalham em regime CLT e que ganham menos de dois salários mínimos.

Vamos analisar os outros pré-requisitos do PIS

Ter, ao menos, 5 anos de trabalho com carteira assinada, com todas as documentações relacionadas em ordem.

Ter trabalhado, ao menos, 30 dias com carteira assinada no ano base.

Se você atende esses pré-requisitos, pode receber o PIS.

Trabalhadores domésticos, que recebem diretamente de pessoa física, não tem direito ao PIS.

A tabela do PIS 2017 é um calendário de recebimentos, que demonstra quando o trabalhador vai receber seu benefício de acordo com o mês de seu aniversário.



Quanto você irá receber de benefício?

Antes, o valor do benefício era fixo para todos, o que acabou gerando uma série de gastos incongruentes com a arrecadação. Por isso mesmo é importante ter em mente que o valor do benefício será relacionado com a quantidade de meses trabalhados no ano em questão.

Veja também:

A forma de cálculo do total do seu benefício é muito simples:

Divida o valor do salário por 12 e então multiplique pela quantidade de meses trabalhados com carteira assina no ano em questão. No caso de meses incompletos, considere-os se você trabalhou mais de 15 dias no mês em questão.

Com esse cálculo feito, basta saber exatamente quando você receberá seu benefício por meio da à tabela do PIS 2017.

Entendendo a tabela do PIS 2017

A tabela do PIS 2017 é bem simples de ser compreendida. Na primeira coluna, temos o mês de nascimento do trabalhados, já na segunda, temos a data na qual o benefício estará disponível para o trabalhador e finalmente temos a terceira célula, que é a data na qual o trabalhador com conta na Caixa tem o crédito automático do benefício.

Dessa forma, percebemos pela tabela do PIS 2017, que ter uma poupança Caixa torna tudo muito mais prático, já que além do débito ser automático na conta, ainda é feito antes da liberação para saque direto.

Se você preferir não ter uma conta da Caixa, não tem problema! Você pode sacar seu PIS diretamente no caixa eletrônico ou lotérica com seu cartão Cidadão ou diretamente na agência da Caixa com sua documentação de identidade e comprovação de trabalho.

Você encontra a tabela do PIS 2017 em qualquer agência da Caixa, Casas Lotéricas e ainda pela internet, no site da Caixa e em diversos portais de utilidade pública, como o nosso!